Do título

Do título

"Retórica dos namorados, dá-me uma comparação exata e poética para dizer o que foram aqueles olhos de Capitu. Não me acode imagem capaz de dizer, sem quebra da dignidade do estilo, o que eles foram e me fizeram. Olhos de ressaca? Vá, de ressaca. É o que me dá idéia daquela feição nova. Traziam não sei que fluido misterioso e enérgico, uma força que arrastava para dentro, como a vaga que se retira da praia, nos dias de ressaca."
( Dom Casmurro, Machado de Assis, cap. 32 )

sábado, 14 de agosto de 2010

Redação

A gentalha

A gentalha pega ônibus com mochilas que, pelo tamanho, trazem no seu interior todo o patrimônio da gentalha e ficam no corredor do ônibus obstruindo a passagem até de um fio de cabelo. É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que passar num corredor onde tenha um representante da gentalha com sua mochila.

A gentalha usa casacos que fariam um esquimó no Polo Norte se abanar de tanto calor e com capuzes do tamanho da África Meridional, sendo que a temperatura é de 18 graus, ou seja, verão. Os casacos da gentalha são tão grandes que fazem com que a gentalha ocupe mais espaço ainda.

A gentalha, embora esteja num ônibus onde não há oxigênio suficiente nem para a metade das pessoas contidas ali, quente e abafado no último grau, quase se mata para conseguir fechar TO-DA e qualquer janela ou passagem de ar possível, tornando respirar uma utopia.

A gentalha usa casacos sujos e com um suave aroma que é um mix de cheiro de guardado, suor e sujeira, que fica ainda mais evidente, visto que fecharam TO-DAS as janelas.

Quando se pega um ônibus com a gentalha, Murphy, aquele fanfarrão, sempre vigilante, faz a bateria do seu mp3 acabar logo que você adentra o recinto, fazendo que, horror dos horrores, você também tenha que ouvir a conversa da gentalha.

A gentalha se dá conta que tem descer dois segundos antes do ônibus parar e ainda está lááááá na frente, o que significa que vão passar correndo como um furacão, com suas mochilas e casacos, levando o resto de dignidade que ainda resta a você.

Portanto, mesmo que esteja chovendo canivetes abertos, que você não tenha guarda-chuva, esteja usando salto 15 e não saiba nadar, enfrente a chuva, pois, embora você não deva fazer isto em lugar algum do planeta, um ônibus é, definitivamente, o pior lugar do mundo para se misturar com a gentalha.