Do título

Do título

"Retórica dos namorados, dá-me uma comparação exata e poética para dizer o que foram aqueles olhos de Capitu. Não me acode imagem capaz de dizer, sem quebra da dignidade do estilo, o que eles foram e me fizeram. Olhos de ressaca? Vá, de ressaca. É o que me dá idéia daquela feição nova. Traziam não sei que fluido misterioso e enérgico, uma força que arrastava para dentro, como a vaga que se retira da praia, nos dias de ressaca."
( Dom Casmurro, Machado de Assis, cap. 32 )

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Da série: Dialetos*

Em quase todas as regiões do país encontramos uma linguagem característica, expressões e palavras típicas, quase um idioma próprio. Aqui no Rio Grande do Sul, como não poderia deixar de ser, temos várias ( tchê, bah, aham, tri, etc..) , mas nenhuma é tão versátil como o "capaz". Usa-se o capaz para quase tudo, e , dependendo da entonação, pode significar uma série de coisas diferentes.
Por isso, caso você esteja pensando em vir para estas bandas, leia antes o Manual Prático do Capaz:

- Aconteceu tal coisa .
- Capaz???!!!! ( nesse caso a pessoa quis dizer: não acredito!!! sério?? )

- Obrigada por tudo!
- Capaz! ( aqui quer dizer: imagina, não foi nada! )

- Verdade, tô te falando!
- Capázzz!!! ( que mentira! )

- Quer comprar um livro do Paulo Coelho?
- Bem capaz!!!!!!!!! ( DE JEITO NENHUM )

- Vou fazer tal coisa.
- Bem capaz! ( dito em tom meio irônico quer dizer: vai nada, duvido! )

- Você precisa ler " o Segredo ".
- Bem capaz mesmo!!! ( é óbvio que não!!!!! )

- Vamos sair ? ( na hora que está passando House )
- Mas bem capaz mesmo!!!!!!!!! ( ficou louco/a ????????? )

- Tu vais fazer isso mesmo?
- Capaz que não!!!! ( é claro que sim )

E por aí vai....

* Ler ao som de " Capaz " , Kleiton e Kledir.

Para quem quiser aprofundar os estudos:

http://www.youtube.com/watch?v=7ZwCTOY4WqY